Saúde bucal

Como se forma a cárie

As bactérias encontradas normalmente em nossa boca transformam restos de alimentos grudados nos dentes em ácidos. Estes ácidos, formados por um processo de fermentação, atacam o esmalte do dente (a parte branca) corroendo-o e provocando a cárie e a inflamação da gengiva.

Como prevenir as cáries?
Escovando os dentes depois de todas as refeições, mesmo após um simples copo de leite – ele possui cálcio, que ajuda na formação dos dentes, mas também tem lactose, um tipo de açúcar que causa cárie. A escovação é necessária mesmo depois do leite noturno.

Proteção

Æ Se o seu filho precisa da sucção para adormecer, não lhe dê nessa hora mamadeira com qualquer outro líquido que não seja água.
Æ Evite usar a mamadeira para confortar o bebê. Para que ele vá deixando o hábito de acalmar-se sugando, comece a ensiná-lo a beber no copo ou na caneca por volta do primeiro aniversário.
Æ Jamais mergulhe a chupeta do bebê em mel ou líquidos açucarados.
Æ Evite adicionar açúcar aos alimentos de seu filho.
Æ Visite um odontopediatra assim que os primeiros dentes de leite irromperem na boca do bebê.

Antibióticos interferem nos dentes?
Quando receitados pelos médicos, geralmente, têm uma formulação que não interfere. Mas, dado por conta própria pode ser excessivo, alterar a flora bucal e enfraquecer os dentes.

Por que cuidar dos dentes de leite, se eles vão cair
Os 20 dentes de leite que nascem até os 2 anos servem de guia para os permanentes. A cárie, por exemplo, pode infeccioná-los e prejudicar a formação do sucessor. Sem cuidados, ele cai antes da hora. O espaço é invadido pelos vizinhos e o permanente nasce torto.

Como escovar os dentes das crianças
Antes do aparecimento dos dentes, o ideal é que as gengivas do bebê sejam limpas com gaze ou fralda limpa umedecida em água filtrada. Assim que nascerem, devem ser escovados com escovas próprias para crianças, com cerdas ultramacias e cabeça pequena e estreita na ponta. Até a criança aprender a cuspir, os especialistas indicam usar pasta sem flúor (encontrada em drogarias), pouquíssima pasta comum ou apenas água. O excesso de flúor pode causar fluorose, que mancha os dentes, e algumas capitais brasileiras possuem água fluoretada. A partir dos 4 anos, ela já pode escovar os dentes sozinha, mas sempre com a supervisão dos pais pelo menos na última escovação do dia.

Cárie de Mamadeira
É o tipo mais comum em crianças até 2 anos. Está associada ao hábito de a criança adormecer tomando líquidos açucarados ou usar chupetas com mel ou xaropes. O costume favorece a cárie porque, quando a criança dorme, a salivação diminui, reduzindo-se a proteção natural que ela exerce sobre os dentes. Nessa hora, as bactérias utilizam o açúcar para produzir ácidos que rapidamente destroem a superfície dos dentes. O primeiro sinal da cárie de mamadeira é o aparecimento de manchas esbranquiçadas e opacas nos dentes. Se a cárie é detectada nessa fase, pode ser revertida com a aplicação de flúor. Daí a importância das visitas freqüentes ao odontopediatra, pois a cárie pode evoluir para uma infecção no dente, formando um abscesso, e afetar a formação da dentição permanente.

Fonte:
Guia do Bebê